domingo, 27 de novembro de 2016

Ele comigo

O encanto de encontros recheados de beijos longos, molhados, toques e cumplicidade de duas pessoas que contam os dias para estarem juntos...

Enquanto estamos longe o aplicativo e as lembranças nos deixam próximos e então usamos de todos os recursos para trocarmos carinhos e safadezas.

Basta uma mensagem chegar para o fogo acender e o meu corpo logo responder a tantos carinhos e elogios, fotos e mensagens de voz, tudo para dar um realismo a esse momento tão bom, tão nosso, tão cheio de tesão.

Sintonia essa que não precisamos nos tocar com o corpo, nos tocamos pela alma que já está familiarizada com cada parte dele. Talvez por isso nossos encontros reais são tão profundos.

Romântico, cabra macho, daqueles que sabe chegar e tocar numa mulher, sinto seu beijo profundo, longo que deixa o corpo mole e preparado para receber seu sexo duro, latente, grosso e longo para mais uma sessão de sexo cheio de malícia do jeito que gosto.

Suas mãos passeiam pelo meu corpo e tão logo afasta minha calcinha e introduz um de seus dedos em meu sexo molhado, latente me querendo enquanto ao pé do ouvido me chama de gostosa, que é louco por mim, quanto senti saudade e o quanto é bom estar ali me sentindo tão quente o querendo, sou sua gata no cio...

Os beijos não cessam apenas são intercalados com os toques em minhas partes íntimas...
A temperatura sobe e sinto o suor escorrer de minhas costas enquanto sou tocada e meu corpo sendo despido, meu vestido é tirado e seu olhar fica parado em minha tatoo na virilha pimentinha que o chama e é lambida demoradamente descendo mais e mais até chegar no grelo que é sugado de um jeito que me enlouquece e eu me alongo como uma gata preguiçosa...  Mexo lentamente o meu quadril de forma que comprimo meu corpo sob sua boca, logo sinto beijar minha barriga e subir aos meus seios que adora sentir os lábios sugarem meus bicos rosados e chega novamente em minha boca trocando o gosto de meu sexo trazido em sua língua...

Vira-me de bruços e morde minha nuca, aperta meu "rabo" arranca minha calcinha e monta gostoso em mim, seu membro viril entra gostoso enquanto solto um gemido alto, seu "pau" entra com tudo, forte, profundo encaixando bem próximo meu quadril de sua pélvis e estoca gostoso ritmando com muita vontade.

Sinto-me sua égua, sou montada  deliciosamente, alimenta-se de meus desejos e fazendo movimentos frenéticos a fim de satisfazer suas vontades sentir e proporcionar prazer...

Nessa loucura o orgasmo chega, nossos corpos exaustos desfalecem juntos na cama, em silêncio nos olhamos, sorrimos felizes e satisfeitos descansamos para logo recomeçar ...

Li Oliver

Acordando

Então sou acordada pelo som do celular... Ele tão deliciosamente a me dar um bom dia.
Meio dormindo respondo com um riso no rosto imaginando ele comigo...

Duas semanas exatas longe sem ao menos ouvir essa voz que me enlouquece, um timbre que não se assemelha ao de ninguém e que tem um poder dominador sobre mim, sinto que sou totalmente dele e de suas vontades.

Por isso fico rendida em minha cama tão espaçosa com ele sobre meu corpo olhando fixamente em meus olhos torturando-me enquanto suplico pelo seu beijo.

Seus lábios finos, sua língua molhada, seu ritmo perfeito para um beijo longo e excitante um verdadeiro convite para uma sessão de sexo ardente que está por vir...

Tiro minha calcinha úmida do meu tesão abro minhas pernas para que seu membro entre triunfalmente posso senti-lo latente, quente, macio e rijo por isso pressiono minha xana e entro em sintonia ao ritmo que lentamente se faz entre nossos corpos que trocam energias tão boas e intensas entre si, meus gemidos de fundo o enlouquece ainda mais e sem que eu espere vira meu corpo de bruço ajeita-o com o travesseiro apoiando  minha pélvis tendo uma perfeita visão de todo o meu sexo, meu bumbum empinado o convida a galopar em meu corpo com vontade.

Sinto seus tapas em minhas nádegas e gosto, gemidos aumentam com a intensidade que sou possuída por esse homem que adoro.

Quando menos espero uma explosão dentro de mim o gozo seguido do meu...

Nossos corpos desfalecem, suspiro e sou beijada por ele.

Fecho os olhos com um riso de quem logo mais provocará para que tudo aconteça novamente...

Liberdade

Gosto da liberdade porque adoro voar, conhecer amores, dormir em outras camas e voar sem ter que voltar...

Possuo as asas da liberdade e se por ventura tentar me prender que seja por desejo, por carinho, por sexo incansável,  por beijos molhados, aí sim fico presa por vontade, com vontade e juro não fugir, gosto de por vezes sentir dominada e entregar-me aos desejos do outro, excita-me isso.

Sou travessa, adoro jogos de sedução,  sou romântica porque não seria?

Vivo o momento e quando vale a pena simplesmente eternizo...


Atende a minha prece

Sinto seu suor frio pingar
Na pele nua minha
Desejo infinito
Que causa riso
Que causa um dengo grito
Abafado num beijo
Molhado
Demorado
Que seduz
Que induz
Desfalece meu corpo nu
Sintonia secreta
Incendeia o corpo
Que aquece
Derrama desejo
Alongo-me
Faço uma pequena prece
Meu querido
Entra-me agora
Profundo
Quente
Rijo
Amém... 

Li Oliver

Seu gozo

Língua lambe minha boca
Olhos devoram-me inteira
Peles coladas
Comungo no seu prazer

Ardente de desejo
Saboreia-me com tesão
Explora meu corpo
Quero sentir sua mão

O teu sexo me encontra
Mergulha em minha xana
Na profundeza encharca
Segue o fluxo do meu rio

Corpo que não cansa
Suor caindo
Sinto estremecer minha xana
Seu gozo em mim escorrer...

Li Oliver

Entra-me



Beija-me enquanto sinto teu sexo entrar
Mergulha em meu cio com vontade
Puxa meu cabelo, lambe minha nuca
Aprecia meu rabo enquanto rebolo devagar

Traga as estrelas no meu céu de orgasmo
Que lhe darei a lua para nela gozar
Usa sua língua em cada parte minha
Pincela minha xana macia, suculenta
Xana que o quer abocar...

Li Oliver