Postagens populares

terça-feira, 17 de abril de 2012

Dicas de masturbação feminina


Ás vezes, o momento da masturbação entre duas pessoas  acaba tendo um resultado insatisfatório. E existem razões para isso.



 


Les Chames de La Masturbation. Cartaz antigo francês com ilustração de homem masturbando mulher.

A primeira é que os princípios que regem o prazer feminino e masculino são diferentes, assim como diferem as anatomias dos sexos. A masturbação feminina requer muito mais suavidade, delicadeza e habilidade do que a masculina. Outro motivo é que muitas mulheres, têm uma sensibilidade extrema no clitóris, tornando quase insuportável o toque direto sobre ele, especialmente no início das preliminares. A ignorância sobre a anatomia da vagina (e neste caso tanto os rapazes quanto as garotas desconhecem os detalhes) também não facilita em nada as coisas.

Fazendo uma analogia: aprender a masturbar um homem seria como andar de bicicleta. Fazer uma mulher gozar tocando-a com as mãos seria como pilotar uma avião.
Dicas para masturbar uma mulher. Conhecendo o território.

Mas calma lá, não é o caso de desistir da tarefa. Com carinho, boas instruções e bastante paciência, dá para aprender a levar a moça mais contida às alturas do prazer.

Para começar, é uma boa ideia conhecer o mapa da mina.

Diagrama mostrando detalhes da vulva e vagina.
Será mais fácil agradar a parceira se você souber do que ela gosta. Peça para que ela se masturbe e observe atentamente, bem de perto. Isso será instrutivo e excitante.
Para masturbar uma mulher, fique numa posição parecida com a que ela se toca. Deite-se ao seu lado, colocando o braço sobre o tronco dela, de modo a alcançar a vulva.
Tenha em mente que o clitóris é bem mais sensível que a glande (a cabeça do pênis). Ou seja, a não ser que ela peça um pouco mais de força ou pressão, seja o mais delicado possível.
Uma boa maneira de começar é tocar de leve as coxas e o monte de Vênus, até que a mulher esteja relaxada, abra as pernas e/ou arqueie o púbis para a frente, espontaneamente. Só então dirija-se à outras partes da vagina, sempre com calma.
Quando o homem se masturba e está próximo do orgasmo, ele geralmente aumenta a pressão e a velocidade do toque. Com a mulher isso nem sempre é a coisa certa a fazer. Pergunte sempre, antes de usar mais força ou velocidade, ou poderá por tudo a perder.
Muitos homens acham que masturbar uma mulher significa introduzir um ou mais dedos em sua vagina, substituindo o pênis. Nada mais equivocado. Embora ela possa desejar, em alguns momentos, ser penetrada com os dedos, a maior parte da ação se dá na parte de fora.
Coloque sua mão sobre os grandes lábios e pressione de leve, repetidamente. Você também pode beliscá-los de leve, com muito cuidado e carinho.
As sensações serão mais prazerosas para ela se houver bastante lubrificação envolvida, seja saliva, gel lubrificante, ou a própria secreção feminina.
O clitóris é importante mas não o único ponto de prazer do corpo feminino. Deslize os dedos pelos pequenos lábios, acaricie o monte de Vênus, e se sua parceira gostar, explore a região anal, mesmo que só externamente. A região é rica em terminações nervosas e proporciona muito prazer. Só tome o cuidado de lavar a mão antes de voltar a tocar a vagina. Algumas bactérias podem migrar do ânus para a vagina e causar vários problemas.
Durante a masturbação, não se esqueça de beijar a garota, abraçá-la, tocar seus seios, bumbum, coxas. Prazer é algo que se sente no corpo todo.

Espero que as dicas sejam úteis e guiem os casais em direção a explorações deliciosas. Bon Voyage!

Sugarbabe é uma fashionista sorridente pois seu namorado aprendeu a dominar todas as técnicas da masturbação feminina!
Extraído do site
http://www.avidasecreta.com/o-mapa-da-mina-dicas-de-como-masturbar-uma-mulher/

HUMOR


 
Droga! Agora é tarde…

DICAS DE 10 MÚSICAS PARA STRIPTEASE












Curiosidades: PARAFILIAS BIZARRAS


10 Parafilias bizarras com exemplos em vídeo

 | Categoria: Adulto | Por: Thales Azamor
banner-lista-adulto
Uma parafilia é um padrão de comportamento sexual no qual a fonte predominante de prazer não se encontra na cópula, mas em alguma outra atividade. Confira o post completo com as dez parafilias mais bizarras. Conteúdo para maiores de 18 anos.

1.Trampling

Fetiche que consiste no ato de um indivíduo ser pisado por uma ou mais pessoas, normalmente do sexo oposto, sendo mais comum uma mulher pisando num homem.
O adepto desta parafilia sente-se excitado ao ser pisado por outra pessoa, descalça ou não, em várias partes do seu corpo, como peito, barriga e até mesmo cabeça e órgãos genitais. É muito comum o uso de salto-alto para a realização deste fetiche.
iconvideo1Vídeo Trampling
.
2. AcrotomofiliaRefere-se ao interesse sexual em amputados (do grego Akron [extremidade], tomein [de redução] e philein [de amor]).
.
3. Nesofilia
Consiste na atração de copular em ilhas, geralmente desertas.


iconvideo1Vídeo Nesofilia
.
4. Klismafilia
É uma parafilia envolvendo enemas (introdução de líquidos no reto e cólon através do ânus). O termo foi cunhado em 1973 pelo Dr. Joanne Denko.
.
5. Menofilia
Esta parafilia indica as pessoas que tem excitação sexual por mulheres menstruadas,
iconvideo1Vídeo Menofilia
.
6. Gerontofilia
Define-se como atração sexual dos não-idosos pelos idosos. Pode ser a atração sexual de um homem jovem por uma mulher idosa (graofilia ou anililagnia), ou de uma mulher jovem por um homem idoso. Pode ser uma atração sexual e erótica hétero ou homosexual. Muitas vezes se observa que tal relação, mais que uma imposição libidinosa, tem outras motivações, como interesse econômico, busca de proteção, carência afetiva, complexo de Édipo ou complexo de Electra etc.
.
7. Tricofilia 
É conhecido como o fetiche por cabelos e pêlos.
.
8. Hipofilia
Trata-se de uma parafilia que resulta do desejo sexual por cavalos ou éguas.
.
9. Peodeiktofilia
A excitação erótica acontece pela exposição do pênis afim de causar surpresa, desmaio, choque ou pânico em outras pessoas.
10. Maieusofilia 
Consiste em sentir excitação sexual com mulheres grávidas e/ou pela visualização de partos.